Exames | 2020/2021

Consulte aqui o edital de exames de época normal da licenciatura e mestrado em Teatro do ano letivo 2020/2021.

 

Partilhar

Medidas extraordinárias do estado de emergência (Atualizado)

Nota:

Em virtude de o estado de emergência ter sido renovado, sem alterações, o comunicado publicado a 22/01/2021, mantém-se em vigor, até novas diretrizes.

 

Escola Superior Teatro e Cinema, 22 de janeiro de 2021

 

À Comunidade escolar da ESTC,

Caros discentes, docentes e não docentes,

 

Espero que todos se encontrem bem de saúde e se mantenham bem.

Após publicação do Decreto nº 3-C/2021 e no seguimento das Recomendações  do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, de 21 de janeiro de 2021 (que se anexa), informamos que, nos próximos 15 dias (de 22 de janeiro a 5 de fevereiro):

– todas as atividades letivas deverão funcionar em regime não presencial de forma a manter o calendário escolar;

– as avaliações serão efetuadas em regime não presencial ou adiadas se tal não for possível;

– a apresentação e avaliação de objetos conferentes de grau de mestre devem funcionar com recurso a videoconferência;

– as reuniões passarão a realizar-se por videoconferência ou qualquer outro meio de comunicação online;

– os Serviços Académicos de Tesouraria e Recursos Humanos funcionam através de atendimento por e-mail e de atendimento presencial por marcação prévia (para tal, os interessados deverão enviar um e-mail para o respetivo serviço, com 24h de antecedência, referindo o assunto).

Atendimento por email:

Assuntos Académicos: aacademicos@estc.ipl.pt

Tesouraria: fpatrimonio@estc.ipl.pt

Recursos Humanos: nrh@estc.ipl.pt

 

– a Biblioteca funciona mediante agendamento prévio, dentro do horário do serviço (abaixo indicado). Para tal, os interessados deverão contactar o serviço através de e-mail (biblioteca@estc.ipl.pt)

HORÁRIO: SEGUNDA A SEXTA-FEIRA: 9h às 13h e 14h às 18h

 

– O edifício da Escola continuará aberto entre as 9h e as 18h (segunda a sexta-feira).

– Em casos excecionais, devidamente justificados e autorizados pelos diretores de departamento, é garantido o acesso à Escola a discentes.

– É também garantido o acesso a docentes e não docentes para a realização de atividades que exijam o recurso à Escola.

– Qualquer outro assunto deverá ser enviado email (secretariado@estc.ipl.pt, mcarlos@estc.ipl.pt ou presidente@estc.ipl.pt ).

 

Pela minha parte e sei que falo em nome de toda a direção e serviços da ESTC, a disponibilidade é total para quem quer que seja e para o que for necessário.

 

Saudações cordiais,

 

David João Neves Antunes

 

 

 

ESCOLA SUPERIOR DE TEATRO E CINEMA

Avenida Marquês de Pombal, 22 B
2700-571 Amadora
PORTUGAL

Tel.: (+351) 214 989 400
Telm.: (+351) 965 912 370 · (+351) 910 510 304
Fax: (+351) 214 989 401
Endereço eletrónico: estc@estc.ipl.pt

 

Partilhar

Nomeação Comissão Executiva do GGQ-ESTC

Despacho n° 2/2021

Despacho nº2 – Presidente da ESTC [pdf]

 

De acordo com o n°3, do Regulamento do Gabinete de Gestão e Qualidade da ESTC, nomeiam-se os membros da Comissão Executiva do GGQ-ESTC:

  • Maria de Fátima Conceição Ribeiro, docente do Departamento de Cinema;
  • Francisco D’Orey Salgado, docente do Departamento de Teatro;
  • Abel Júpiter Tchong Freitas de Silva, funcionário não docente da ESTC;
  • Beatriz Silva Ribeiro, discente do Departamento de Cinema;
  • Miguel Cruz Mendes, discente do Departamento de Teatro.

Amadora, 21 de janeiro de 2021

 

O Presidente da Escola Superior de Teatro e Cinema,

Professor Doutor David Antunes

 

 

 

 

Partilhar

Gabinete do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior / DGES

Recomendação às instituições científicas e de ensino superior no contexto das medidas
extraordinárias do estado de emergência
21 de janeiro de 2021

 

Considerando a evolução da situação epidemiológica no país nos últimos dias e a suspensão das
atividades letivas e não letivas presenciais hoje decidida pelo Governo, as instituições científicas e
de ensino superior devem adequar temporariamente as suas atividades à nova realidade e a essas
medidas extraordinárias do estado de emergência.

Assim, recomenda-se que, no âmbito da sua autonomia de gestão, pedagógica e científica, as
instituições científicas e de ensino superior:

1. Procedam à adaptação das atividades que se encontram em curso (letivas, não letivas e de
investigação), incluindo, quando adequado, atividades de avaliação de estudantes, para
regime não presencial, adotando todos os procedimentos necessários à mitigação do risco
de contágio da COVID-19 de acordo com as normas emitidas pela Direção Geral da Saúde;

2. Garantam que a interrupção das atividades de ensino em regime presencial é compensada
na íntegra por atividades não presenciais, garantindo o reforço adequado dos tempos de
aprendizagem e o de apoio aos estudantes, evitando a interrupção dos programas de
ensino/aprendizagem, assim como evitando períodos de férias letivas não previstas;

3. Adequem os procedimentos de mitigação de risco de contágio por COVID-19 nas situações
em que a realização de atividades de avaliação presencial seja considerada essencial e não
exista possibilidade de adiamento das mesmas;

4. Confirmem que a recalendarização e o eventual adiamento de avaliações garanta que os
estudantes são informados e seja assegurado que a sua realização em data posterior é
efetuada presencialmente, sempre que a dimensão presencial seja um fator determinante
para a fiabilidade do processo avaliativo. Deve também ser ponderada a eventual criação de
períodos extraordinários de avaliação ou o acesso a épocas de avaliação especial;

5. Garantam que é considerado, sempre que seja possível e adequado, a antecipação e/ou
recalendarização do início das atividades letivas do segundo semestre em formato de
ensino a distância;

6. Garantam a aplicação obrigatória do teletrabalho sempre que seja compatível com as
funções desempenhadas pelos trabalhadores, sendo consideradas compatíveis com o
teletrabalho todas as funções que possam ser realizadas fora do local de trabalho e através
do recurso a tecnologias de informação e de comunicação;

7. Identifiquem os serviços essenciais que devem ser assegurados presencialmente pelos seus
trabalhadores;

8. Promovam o acesso equitativo dos estudantes às atividades de ensino não presencial, com
particular atenção aos estudantes com necessidades educativas especiais, e estimulem o
incentivo ao desenvolvimento de formação dos docentes para metodologias de ensino não
presencial, incluindo o acompanhamento contínuo e sistemático dos estudantes;

9. Garantam o apoio psicológico e acompanhamento de saúde mental à comunidade
educativa, sempre que seja adequado e, sobretudo, em estreita articulação com as
associações e federações de estudantes;

10. Promovam o acompanhamento e apoio a estudantes estrangeiros em Portugal e a
estudantes portugueses no estrangeiro, sobretudo a todos aqueles envolvidos em
programas de mobilidade, o que deve ser feito em estreita articulação com os regimes de
mobilidade que venham a ser adotados na Europa e em interação contínua com a Agência
ERASMUS+, entre outras autoridades;

11. Recomenda-se ainda que:

• as bibliotecas, cantinas e residências permaneçam operacionais, reforçando as medidas
de segurança e garantindo serviços de entrega de refeições;
o ensino clínico e os estágios, em particular os estágios clínicos, devem manter-se em
regime presencial sempre que possível, devendo ser desenvolvidos novos esforços de
colaboração entre as instituições envolvidas;
• o acesso a laboratórios e infraestruturas científicas deve ser garantido para a realização
de trabalhos de investigação em curso, inadiáveis, nomeadamente no âmbito de teses;
• os trabalhos de júris no âmbito das carreiras de pessoal docente e não docente, bem
como a apresentação e avaliação de dissertações e teses académicas, podem e devem
funcionar com recurso a meios de videoconferência;

Nota-se ainda que, caso o confinamento venha a perdurar, serão garantidos os instrumentos legais
necessários para que as atividades de ensino a distância sejam devidamente acreditadas.

 

 

 

Gabinete do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior
Palácio das Laranjeiras, Estrada das Laranjeiras, 205 ▪ 1649-018 Lisboa ▪ Portugal
Telefone.: +351 217 231 000 Email.: gabinete.mctes@mctes.gov.pt

 

 

 

 

 

 

Partilhar

Eleições dos membros Discentes para o Conselho de Representantes e Conselho Pedagógico

As eleições do Conselho de Representantes e Conselho Pedagógico terão lugar no próximo dia 26 de novembro de 2020.

As candidaturas deverão ser entregues nos Recursos Humanos até às 16 horas do dia 9 de novembro de 2020.

Os impressos para a apresentação das candidaturas serão solicitados aos Recursos Humanos a partir de 29 de outubro de 2020.

 

Recomenda-se a consulta dos cadernos eleitorais para confirmação da sua titularidade como eleitor nos quadros de aviso, junto aos Serviços Académicos, a partir de 28 de outubro de 2020.

 

EDITAL CONSELHO DE REPRESENTANTES E PEDAGÓGICO DISCENTES [pdf]

AVISO DE ELEIÇÕES DISCENTES 2020-2021 [pdf]

 

 

 

 

 

Partilhar

CLiC- Curso Português para Fins Académicos/PFA

Curso especialmente concebido para estudantes que têm como língua materna ou língua segunda outras variedades do português (como as africanas ou a timorense, por exemplo). Pretende-se desenvolver o domínio da escrita académica em português europeu, bem como o domínio da oralidade.

O trabalho incide sobre o desenvolvimento de competências de compreensão de leitura e de expressão escrita e oral, considerando o impacto que estas competências têm no sucesso académico dos estudantes.

INSCRIÇÕES
22 outubro a 7 novembro 2020

1ºSEMESTRE
10 novembro a 2 fevereiro 2021

MAIS INFORMAÇÕES:
www.ipl.pt/internacionalizacao/clic-ipl

 

Partilhar

ERASMUS LÍNGUAS & MUNDO – CLiC Cursos 6 – 17 julho 2020

Os cursos de línguas do CLiC – Centro de Línguas e Cultura do Politécnico de Lisboa – funcionam em regime de aulas presenciais, em turmas entre 8 e 15 alunos, nas UO Campus de Benfica do IPL e nas UO fora do Campus (ESTC, ESTeSL, ISEL e ISCAL).

Cursos de Verão – 6 a 17 de julho de 2020

De 3 a 28 de junho estão abertas as inscrições para os cursos de Alemão, Espanhol, Francês, Inglês, Italiano e Polaco.

Estes cursos têm como público alvo os estudantes do IPL que vão fazer mobilidade Erasmus e Intercâmbio no próximo ano letivo, mas também estão abertos a toda a comunidade IPL e ao Exterior. Toda a informação:  https://www.ipl.pt/internacionalizacao/clic-ipl

Condições de acesso:

Alunos IPL Erasmus Out e Intercâmbio – curso gratuito
Comunidade IPL e Exterior:

Taxa de inscrição – 10,00 euros
Propina:

Comunidade IPL – 75,00 euros;
Alumni 
e ex-funcionários – 100,00 euros;
Exterior – 150,00 euros;

Candidaturas:

https://portal.ipl.pt/clic-cssnet/page

 

 

 

Partilhar