Alunos da ESTC vão a Berlim participar em festival de teatro

A Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC) irá participar, de 6 a 16 de abril, no programa  F.I.N.D.+ (Festival for International New Drama, students section), integrado no conceituado Schaubühne Berlin. A ESTC será representada por 16 estudantes finalistas da Licenciatura em Teatro, acompanhados pelo Vice-Presidente, Professor Álvaro Correia, e irão participar em diversos workshops e grupos de discussão e performance, ministrados durante os 10 dias do programa.

A 18ª edição do F.I.N.D., cujo tema será “Art of Forgetting”, contará com a participação de escolas de teatro muito conceituadas a nível internacional, tais como: Conservatoire Paris, Universität der Künste Berlin (UdK) Berlin, Ernst-Busch School de Berlin e a NY/Manhattan University.

Esta participação será uma oportunidade de representar a ESTC e o Instituto Politécnico num dos mais importantes festivais de teatro da Europa.

Mais informação: https://www.schaubuehne.de/en/pages/find-2017.html

 

 

 

Partilhar

Faleceu Germana Tânger

A Direção da ESTC manifesta o seu pesar pelo falecimento de Germana Tânger, atriz, declamadora e pedagoga, que nasceu em Lisboa a 16 de janeiro de 1920, tendo falecido ontem, dia 22 de janeiro.

Germana Tânger estudou no Liceu Maria Amália Vaz de Carvalho e na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, tendo feito parte do grupo de teatro da instituição, fundado por Manuel Tânger, investigador, professor universitário, com quem viria a casar-se.

A declamação da poesia portuguesa começou cedo, por sugestão de Almada Negreiros, que lhe pediu que dissesse “O Corvo”, de Edgar Alan Poe, traduzido por Fernando Pessoa, numa sessão pública. Posteriormente, a atriz ficou conhecida por declamar obras de Fernando Pessoa.

No final da década de 1940, Germana Tânger fixou-se, com o marido, em Paris. Firmou a carreira de declamadora no Brasil,tendo regressado a Portugal na década de 1950, altura em que começou a leccionar “Arte de Dicção” no Conservatório Nacional de Lisboa, onde terá permanecido por cerca de 25 anos.

 

Partilhar

Filme da ESTC no Berlin International Film Festival

A Berlinale – Berlin International Film Festival anunciou hoje a programação da competição internacional de curtas metragens da edição de 2018 de que faz parte o filme “Onde o Verão Vai (episódios da juventude)”, realizado por David Pinheiro Vicente, direcção de produção de Raquel Rolim e argumento de Rita Jorge
O filme, distribuído pela Portugal Film, é uma produção da Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa (ESTC) e foi realizada em contexto escolar. A equipa está de parabéns!
Partilhar

Prémio Melhor Ensaio Nacional para 78.4

A ESTC congratula-se com a atribuição do prémio de Melhor Ensaio Nacional do Festival Caminhos do Cinema Português, atribuído ao filme 78.4, que teve argumento de Pedro Marques, produção de Daniel Tavares e realização de Tiago Amorim.

O prémio principal da seleção Ensaios (destinada a filmes produzidos em contexto escolar ou académico), foi atribuído pela “forma inteligente de contar uma história de amor e de perda, de sonho e de sucesso”.

 

Partilhar

Filme de Alunos da ESTC recebe mais um prémio

A ESTC congratula-se com a atribuição  do Grande Prémio Joaquim de Almeida no Ymotion – Concurso e Mostra de Cinema Jovem, ao filme 78.4, que teve argumento de Pedro Marques, produção de Daniel Tavares e realização de Tiago Amorim.

 

 

Partilhar

Filme de Alunos da ESTC recebe menção honrosa

A ESTC congratula-se com a atribuição  da menção honrosa na competição nacional do Muvi – Festival Internacional de Música no Cinema, ao filme 78.4, que teve argumento de Pedro Marques, produção de Daniel Tavares e realização de Tiago Amorim.

 

 

Partilhar

Festival Queer: Alunos da ESTC premiados

Daniel Tavares-Produção, Marcelo Tavares-Argumento e Pedro Gonçalves– Realização, alunos da Licenciatura em Cinema da ESTC, venceram o prémio de Melhor Curta-Metragem de Escola, na 3.ª Edição do Queer Porto, com o filme “Quando o Dia Acaba”.

A ESTC parabeniza os vencedores pelo excelente resultado.

Veja a notícia do jornal Público aqui.

Partilhar

Faleceu Jorge Listopad

A Escola Superior de Teatro e Cinema apresenta as suas sentidas condolências à família do professor Jorge Listopad.

Jorge Listopad, escritor, professor e encenador, morreu no domingo, 1 de Outubro, aos 95 anos.

Na sua intervenção no domínio do Teatro, para além de professor, é de destacar o exercício do cargo de Presidente da Comissão Instaladora da Escola Superior de Teatro e Cinema entre 1983 e 1995.

Poeta, cronista, encenador, Jorge Listopad nasceu em 1921, em Praga, onde se doutorou em Filosofia, mas vivia em Portugal desde a década de 1950, onde desenvolveu um prolífico percurso nas artes, da literatura ao teatro.

As mais recentes encenações do autor foram “A instalação do medo”, em 2014, no Teatro Municipal São Luiz, e “Meu tio Jaguar”, em 2012, no Teatro Nacional D. Maria II.

De acordo com a biografia disponível na página oficial do autor, Jorge Listopad perdeu a família durante a Segunda Guerra Mundial, perseguida pelo regime nazi de Hitler.​Chegou a pertencer à Resistência e viveu exilado em Paris, onde trabalhou, por exemplo, na Televisão Francesa.

Já em Portugal, viveu no Porto, onde foi um dos fundadores da RTP Porto e trabalhou como realizador de televisão. Mais tarde mudou-se para Lisboa para lecionar no Instituto Superior de Ciência Política.

Colaborou com vários jornais portugueses e checos, codirigiu o Teatro Nacional D. Maria II e, em 1981, fundou e dirigiu o Grupo de Teatro da Universidade Técnica de Lisboa.

Jorge Listopad, que faria 96 anos a 26 de novembro, encenou cerca de 60 peças de teatro e ópera e deixa cerca de 50 obras de prosa, poesia e ensaio, em checo, português e francês, nomeadamente “Remington”, “Estreitamento progressivo”, “O jardim fecha às 18:30” e “Fruta tocada por falta de jardineiro”.

Em Portugal, Jorge Listopad teve um percurso premiado, nomeadamente pela Associação Portuguesa de Críticos de Teatro e pela Presidência da República, que lhe atribuiu o grau de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

Jorge Listopad foi ainda agraciado com a Medalha Militar Checoslovaca da Resistência (1945) e nomeado Companheiro do Marechal Tito (1946), tendo sido distinguido também com o Prémio da Academia de Artes e Ciências de Praga, pelo conjunto da sua obra.

Recebeu igualmente o 1.º Prémio do Conselho Cultural de Estocolmo (1952), o 1.º Prémio da Rádio Europa Livre de Poesia (1954), a Medalha de Ouro do Prémio Europeu Franz Kafka (2000), a Medalha de Mérito Nacional da República Checa (2001), o Prémio Gratias Agit (Praga, 2004), o Prémio Jaroslav Seifert (Praga, 2007),  é doutor honoris causa pela Universidade de Brno (República Checa, 1992) e pela Universidade Carolinum, de Praga.

Partilhar

Projeto Aprovado

 

No âmbito do programa de mobilidade Erasmus+, ação – chave 2 – parcerias estratégicas, a Escola Superior de Teatro e Cinema, candidatou a financiamento, em março de 2017 o projeto  “Entrepreneurial Challenges to Theatre Higher Education” , tendo o mesmo sido aprovado no passado dia 17 de julho.

O projeto coordenado pelo IPL/ESTC tem como parceiras algumas das Escolas de Teatro de referência da Europa: The Danish National School of Performing Arts Copenhagen, Dinamarca, Guildhall School of Music and Drama, Reino Unido, Lithuanian Academy of Music and Theatre, Lituânia, École National Supérieure des Arts et Techniques du Théâtre, França, Hochschule Fuer Musik und Theater Hamburg, Alemanha e ainda a Fondazione Teatro di Pisa, Itália.

 

 

Partilhar