“O Cordeiro de Deus”, de David Pinheiro Vicente , está em competição no Festival de Cannes

David Pinheiro Vicente, diplomado da ESTC, após se ter estreado na realização com “Onde o Verão Vai (episódios da juventude)”, que teve estreia mundial na competição Berlinale Shorts e foi exibida em mais de 40 festivais, sendo premiada em San Sebastian,Tel Aviv e Vila do Conde e com estreia televisiva através do canal Arte-ZDF. Novamente nos alegra com a notícias de que o seu novo filme é um dos 11 seleccionados a integrar a secção competitiva de curtas-metragens no Festival de Cannes 2020. A Palma d’Ouro será anunciada em Outubro.

Apesar da impossibilidade do Festival de Cannes se realizar presencialmente, aqui na Escola Superior de Teatro e Cinema não poderíamos estar mais orgulhosos do percurso do David.

“O Cordeiro de Deus” parte do imaginário do realizador sobre uma vila no interior de Portugal, numa casa onde o pai do David cresceu e viveu, hoje em semi abandono. O filme reconstitui-a, o Portugal antes do 25 de Abril, a descoberta da sexualidade e da violência.

“O Cordeiro de Deus” é uma coprodução luso-francesa entre os portugueses da Artificial Humors, de Gabriel Abrantes, e a francesa La Belle Affaire Productions.

David Pinheiro Vicente foi apontado como um dos 10 Próximos Jovens Realizadores pela European Film Academy e um dos Dez Novos Realizadores a Seguir pela European Film Promotion.

Partilhar
Posted in Notícias.