Passar para o conteúdo principal
teatrodmaria

Candidaturas à Licenciatura em Teatro

Candidaturas à Licenciatura em Teatro

O acesso aos ramos da licenciatura em Teatro faz-se por concurso local de acesso.

O candidato deve selecionar (no topo da página) o ramo da licenciatura em que está interessado, e consultar o regulamento e calendário do concurso antes de submeter a candidatura. 

A candidatura é submetida através do Portal de Candidaturas da ESTC, existindo os seguintes regimes de acesso (vagas).

Consulta o Plano de Estudos [pdf] da Licenciatura em Teatro.

 

Os candidatos do ramo de Atores do regime geral, dada a alteração do calendário dos exames nacionais, apenas poderão utilizar os resultados dos exames nacionais realizados na 1.ª fase em 2021, ou anteriormente (2019, 2020), nomeadamente para efeitos de cálculo da nota de candidatura e colocação.

Os titulares dos cursos de dupla certificação do ensino secundário e cursos artísticos especializados devem verificar, junto da Escola Secundária onde irão realizar os exames nacionais, as condições necessárias para obterem a ficha ENES (Exames Nacionais do Ensino Secundário), único documento que certifica condições de acesso ao ensino superior público.

Mais informações | ASSUNTOS ACADÉMICOS aacademicos@estc.ipl.pt

 

 

 

Candidatos titulares do ensino secundário, ou finalistas do 12.º ano ou equivalente, que façam um dos seguintes exames nacionais do ensino secundário como prova de ingresso no ensino superior:

  •   Português (639 ou 239* ou 138**)

  •   Inglês (550)

  •   História da Cultura e das Artes (724)

  •   Geometria Descritiva (708)

  •   Matemática (635 ou 735)

  •   Literatura Portuguesa (734)

* Exclusivamente para alunos com deficiência auditiva de grau severo ou profundo.

** Exclusivamente para alunos com surdez severa ou profunda.

Para acesso a uma das licenciaturas da ESTC é necessário obter aprovação (mínimo de 95 na escala de 0 a 200) em apenas uma das seguintes provas de ingresso.

Os exames nacionais, como provas de ingresso no ensino superior, são válidos no ano em que são feitos e nos dois anos subsequentes.

Os titulares dos cursos de dupla certificação do ensino secundário e cursos artísticos especializados devem verificar, junto da Escola Secundária onde irão realizar os exames nacionais, as condições necessárias para obterem a ficha ENES (Exames Nacionais do Ensino Secundário), único documento que certifica condições de acesso ao ensino superior público.

 

  1. Candidatos que, não tendo habilitação suficiente para se candidatarem ao ensino superior, tenham sido previamente aprovados nas provas realizadas na ESTC especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos;

  2. Titulares de curso superior;

  3. Titulares dos extintos cursos do Magistério Primário, de Educadores de Infância e de Enfermagem Geral que comprovem, simultaneamente, a titularidade de um curso do ensino secundário, complementar do ensino secundário ou do 10.º/11.º anos de escolaridade;

  4. Estudantes internacionais: O concurso de acesso aos ramos da licenciatura em Teatro para estudantes internacionais tem um calendário e processo de candidatura diferenciado, conforme informação disponível aqui>.

Não existem vagas para candidatos titulares de um diploma de especialização tecnológica ou titulares de um diploma de técnico superior profissional.

Não existem vagas exclusivas para titulares dos cursos de dupla certificação do ensino secundário e cursos artísticos especializados. Os candidatos provenientes destes cursos devem integrar-se no regime geral de acesso.

 

 

Candidatos com frequência de ensino superior nacional ou estrangeiro que façam, ou tenham feito, um dos exames nacionais do regime geral > mais informação disponível aqui > 

Questões gerais | ASSUNTOS ACADÉMICOS aacademicos@estc.ipl.pt

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A candidatura através dos regimes especiais de acesso ao ensino superior é promovida pela DGES, mas implica aprovação nas provas do concurso local de acesso, pelo que estes candidatos devem conjugar a submissão da candidatura com a inscrição e realização das provas do concurso local de acesso:

a) Funcionários portugueses de missão diplomática portuguesa no estrangeiro e seus familiares que os acompanhem;

b) Cidadãos portugueses bolseiros no estrangeiro ou funcionários públicos em missão oficial no estrangeiro e seus familiares que os acompanhem;

c) Oficiais do quadro permanente das Forças Armadas Portuguesas, no âmbito da satisfação de necessidades específicas de formação das Forças Armadas;

d) Estudantes bolseiros nacionais de países africanos de expressão portuguesa (PALOP), no quadro de acordos de cooperação firmados pelo Estado Português;

e) Funcionários estrangeiros de missão diplomática acreditada em Portugal e seus familiares aqui residentes, em regime de reciprocidade;

f) Atletas praticantes com estatuto de alta competição a que se refere o D. L. n.º 125/95, de 10 de agosto, regulado pela Portaria n.º 947/95, de 1 de agosto;

g) Naturais e filhos de naturais do território de Timor-leste.

 

Mais informações no site da Direção Geral do Ensino Superior (DGES).

Emolumentos
  • Inscrição no concurso local de acesso: €63

  • Reclamação de classificação: 21 (por cada prova)

  • O pagamento da inscrição no concurso local de acesso é efetuado através de referência de pagamento de serviços, obtida após a submissão da candidatura no portal, na rede multibanco.

 

Propinas

 

  • A Presidência do IPL fixou os seguintes valores da propina anual para o ano letivo 2020/2021:

  • LICENCIATURA (não aplicável a estudantes internacionais)

  • TEMPO INTEGRAL | €697,00 (seiscentos e noventa e sete euros)

  • TEMPO PARCIAL (60% do valor da propina de tempo integral. Aplica-se exclusivamente aos estudantes repetentes com 30 ou menos créditos ECTS de inscrição) | €418,20 (quatrocentos e dezoito euros e vinte cêntimos)

  •  

  • ESTUDANTE INTERNACIONAL

  • LICENCIATURA | MESTRADO

  • O Conselho Geral do IPL fixou o valor da propina anual de licenciatura ou mestrado do estudante internacional para o ano letivo 2020/2021 em €6900,00 (seis mil e novecentos euros).

  • Estudantes do espaço da CPLP 3450€